Vampiros Emocionais – Como lidar com pessoas que sugam você

 

Não sabe como lidar com pessoas difíceis ?

 

Neste livro o autor Albert J. Bernstein apresenta de maneira simples o entendimento destas pessoas e a maneira de lidar com elas.

 

O autor descreve 5 tipos de vampiros emocionais (antissociais, histriônicos, narcisistas, obsessivo-compulsivos e paranóicos) e mostra as qualidades de cada perfil que podem ser boas em um contexto e causar tantos problemas em outro.

 

Segundo o autor os “vampiros” não são inerentemente maus mas seu vampirismo vem da falta de maturidade destes seres das trevas. A proposta desta obra é ensina-lo a identificar os “vampiros” e o que fazer quando estiver sob ataque destes seres que vêem os demais como meras fontes daquilo que querem ter.

 

Os vampiros são comparados às crianças de 2 anos de idade e como tal deve-se usar as mesmas estratégias que se usa com crianças: “definir limites, preparar-se para emergências, ser coerente, fazer o mínimo possível de sermões, recompensar o bom comportamento e ignorar o mau e, algumas vezes, deixá-los de castigo”.

 

Importante destacar que os vampiros tem diferenças inerentes e que se você analisar o que eles fazem conforme seu próprio entendimento você acabará se enganando e sendo usado impiedosamente. Eles não são justos mas são bem coerentes com sua forma de pensar.

 

À primeira vista eles podem parecer encantadores mas quando percebemos eles já nos deixaram na pior e ainda ficamos nos perguntando se o erro foi nosso.

 

Os “vampiros” têm um efeito hipnótico. Eles nos atraem e então nos sugam nossa energia emocional. Depois nos deixam para trás exauridos.

 

Os vampiros são egoístas, agem como se as regras fossem apenas para os demais e como se nunca fossem culpados, são imediatistas e dão “xilique” quando não conseguem o que querem.

 

Insensíveis e insaciáveis, tiram tudo de você para satisfazerem os seus desejos.

 

São aproveitadores que sempre tomam mais do que dão.

 

Um ator vencedor do Oscar perde em intrerpretação para estas criaturas das trevas, portanto muito cuidado com suas interpretações absolutamente convincentes.

 

São motivados pelo desejo daquilo que querem.

 

Os vampiros fictícios não se vêem no espelho; os da vida real não se enxergam.

 

Não tem discernimento do que são ou fazem.

 

Os vampiros emocionais provocam fortes reações imediatas, tanto boas quanto más, raramente sendo algo intermediário.

 

Dentre o vampiros antissociais há os aventureiros, os “vendedores de carros usados” e os valentões.

 

Já os histriônicos dividem-se em exagerados e passivo-agressivos.

 
Os narcisistas podem ser do tipo que “se sente superior a todos os mortais” ou astros.

 

Os obssessivo-compulsivos podem ser perfeccionistas ou puritanos.

 

E finalmente os paranóicos são visionários ou ciumentos.

 

Este livro é de fácil leitura e entendimento e absolutamente necessário para se viver a vida quando se tem que conviver com os “vampiros”.

 

“Para se proteger você precisa saber com quem está lidando.”

About these ads
Esse post foi publicado em Compras, Livros, Relacionamentos e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

20 respostas para Vampiros Emocionais – Como lidar com pessoas que sugam você

  1. viviane disse:

    Ok… todos somos vampiros. Ou não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s